UE procura tecnocrata palhaço para novo primeiro-ministro italiano

Vítor Elias 26 de Fevereiro de 2013

Os excelentes resultados do bufão Berlusconi e do comediante Beppe Grillo nas eleições legislativas em Itália, ficando ambos bastante à frente de Mario Monti, fizeram a UE perceber que não adianta impor governos tecnocratas aos países membros, é necessário ouvir a voz do povo.

Assim, Angela Merkel está já à procura de algum tecnocrata apalhaçado italiano para mandar no país, estado de olho num alto quadro italiano do BCE que, à sexta-feira, gosta de ir para a sede do banco de calções a cantar “Cose della Vita” do Eros Ramazzotti. VE

Tópicos

Últimas

Do arquivo