Godinho Lopes demite-se para não deixar o Sporting transformado num pântano

Vítor Elias 4 de Fevereiro de 2013

Godinho Lopes aceitou demitir-se.

O ainda presidente falou com o IP e explicou que, tal como António Guterres quando resignou ao cargo de primeiro-ministro, apenas aceitou demitir-se para não deixar o Sporting transformado num pântano, o que, no seu entender, está longe de ter acontecido, mas poderia acontecer, lá para o final da época, quando o clube descesse de divisão e pagasse 5 milhões de euros ao FC Porto para ficarem com o Rui Patrício. “Deixo ao Bruno de Carvalho um plácido lago cheio de achigãs”, concluiu Godinho Lopes. VE

Tópicos

Últimas

Do arquivo