Burlão do FMI e burlão da ONU abrem banca de relatórios na Feira do Relógio

Mário Botequilha 24 de Janeiro de 2013

Carlos Mulas, co-autor do relatório do FMI para a refundação do estado português é suspeito de desvio de verbas e falsa autoria.

Mulas, apuraram o INIMIGO e Duarte Lima, vai abrir um negócio de venda de relatórios sobre macro-economia, acidentes ferroviários e contas de clubes de futebol com o afamado burlão da ONU Artur Baptista da Silva. Para o efeito, sabem o INIMIGO e Dias Loureiro, adquiriram a Vale Azevedo uma banca na Feira do Relógio, em Lisboa, que já tinha sido utilizada por Isaltino Morais para vender fracções da Torre dos Clérigos. MB

Tópicos

Últimas

Do arquivo