Paulo Portas deseja que o Governo organize uma divertida festa de despedida a cada funcionário público que despedir para combater o desânimo nacional

Vítor Elias 12 de Janeiro de 2013

Paulo Portas considera essencial que se combata o “desânimo nacional”.

Após receber o estudo do FMI, o ministro concorda que milhares de funcionários públicos vão para o olho da rua, mas pede ao Governo que organize a cada um deles uma entusiasmada festa de despedida para subir a moral, com uma “stripper” a sair de um bolo, ou seja, nas palavras do Tribunal de Almada, uma “performance artística equiparada às obras do artista plástico britânico Steve McQueen”. Ou isso ou uma palmadinha nas costas a cada funcionário corrido a pontapé. VE

SIGA-NOS NO FACEBOOK

Sexta-feira acompanhe a versão impressa do Inimigo Público com o jornal Público.

Tópicos

Últimas

Do arquivo