Indemnização do governo quando for despedido reduzida para 12 segundos

Mário Botequilha 4 de Janeiro de 2013

O Pedro, o Gaspar e o Álvaro querem reduzir as indemnizações por despedimento de 20 para 12 dias por cada ano de trabalho.

No caso do despedimento do próprio executivo, aprazado para este ano, as indemnizações baixam para 12 segundos por legislatura, excepto no caso de Miguel Relvas que terá direito a ficar com as Berlengas e com o passe de Cristiano Ronaldo, conforme letras miudinhas do contrato dele que ainda ninguém tinha lido lá muito bem. MB

SIGA-NOS NO FACEBOOK


Sexta-feira acompanhe a versão impressa do Inimigo Público com o jornal Público.

Tópicos

Últimas

Do arquivo