Jardim pede a Van Rompuy para ir à Madeira matar o dengue de aborrecimento

Mário Botequilha 13 de Dezembro de 2012

Por dificuldades de agenda, não será Miguel Relvas a esmagar o dengue madeirense entre os dedos como faz às lesmas do quintal, às vacas do presépio e às queijadas de Sintra que Paulo Portas lhe traz de Washington.

Alberto João Jardim está em contactos adiantados para que seja Herman Van Rompuy, Prémio Nobel da Paz e melhor amigo do seu próprio coelho-anão, a ir à Madeira matar o dengue de aborrecimento. “O sujeito Rompuy chega aí com aquele ar de quem vê a ‘Quadratura do Círculo’ desde o tempo da Madalena Iglésias e o bicho sucumbe sem ser preciso bafejá-lo com aguardente de cana e ADN do Jaime Ramos como faz a autoridade regional de saúde”, garante Jardim. MB

SIGA-NOS NO FACEBOOK


Sexta-feira acompanhe a versão impressa do Inimigo Público com o jornal Público.

Tópicos

Últimas

Do arquivo