Pessoas sem dinheiro alegam que não vão oferecer presentes no Natal porque o Papa disse que Jesus Cristo não nasceu no dia 25 de Dezembro

João Henrique 26 de Novembro de 2012

O novo livro do Papa, que refere um erro de cálculo do monge Dionysius Exiguus sobre a data de nascimento de Jesus Cristo, está a ser usado como desculpa esfarrapada para não gastar dinheiro em prendas de Natal.

“Desde que fiquei desempregado, a tese que eu sigo é a de um teólogo francês muito pouco conhecido que defende que Jesus Cristo nasceu no dia 29 de Fevereiro. Fica-me mais em conta”, explicou um indivíduo. JH

SIGA-NOS NO FACEBOOK


Sexta-feira acompanhe a versão impressa do Inimigo Público com o jornal Público.

Tópicos

Últimas

Do arquivo