Angolanos acusam elite portuguesa de ter estragado o joelho ao Mantorras

Fábio Benídio 17 de Novembro de 2012

O Jornal de Angola denunciou, num editorial publicado na passada segunda-feira, o que diz ser uma “campanha contra Angola do poder ao mais alto nível” em Portugal.

O jornal do regime angolano garante que há uma cabala das elites portuguesas para prejudicar aquele país africano, cabala essa que terá começado com a exclusão de um disco do Bonga do Top +, há uns anos, seguindo-se, posteriormente, uma série de entradas violentas ao menisco do Mantorras, e culminando agora na investigação do Ministério Público a altos dirigentes angolanos. O governo de Luanda promete retaliar e anunciou que, numa primeira fase, os aviões da TAAG vão voltar a largar peças na Margem Sul, mas ameaçam ir mais longe e tomar o Benfica de assalto na próxima Assembleia-geral, declarando o Estádio da Luz como um prolongamento de Cabinda e o Caixa Futebol Campus do Seixal como o novo Huambo. FB

SIGA-NOS NO FACEBOOK


Sexta-feira acompanhe a versão impressa do Inimigo Público com o jornal Público.

Tópicos

Últimas

Do arquivo