Piquete de greve de Manuel Alegre tentou impedir Cavaco de ir trabalhar

Mário Botequilha 14 de Novembro de 2012

A PSP dispersou hoje, a tiros de bala de borracha e leitura de poesia pimba ao megafone, o piquete de greve da presidência da república, que tentou acorrentar-se aos portões do Palácio e libertar os pavões.

Constituído apenas por Manuel Alegre, o piquete tinha como objectivo impedir que o fura-greves Cavaco fosse trabalhar ou fazer o que ele faz quando se fecha no palácio e está meses sem falar às pessoas. Alegre está bem, apesar de ainda não ter conseguido tirar uma rima de Emanuel da cabeça. MB

SIGA-NOS NO FACEBOOK


Sexta-feira acompanhe a versão impressa do Inimigo Público com o jornal Público.

Tópicos

Últimas

Do arquivo