Novas máquinas Nespresso programadas para assassinar quem tentar fazer café com cápsulas compatíveis

João Henrique 10 de Novembro de 2012

A Nestlé, grupo suiço que detém a Nespresso, decidiu intensificar a guerra contra a pirataria. As cápsulas compatíveis com as máquinas de café Nespresso, que custam metade do preço das originais, estão cada vez mais presentes nas grandes superfícies e registam bons resultados em termos de vendas.

“Vamos agora testar o sistema neste indivíduo sem ele saber. Ele está com uma cápsula Intensu do Continente na mão e colocou na máquina. A máquina vai agora detectar que essa cápsula é uma cópia do nosso Ristretto. Já topou. Estás a ver os braços a sair da máquina? Agora vai esganar o pescoço do gajo. Vês? Ainda não acabou de esganar. Pronto, já morreu. Tragam um saco, por favor”, pediu o CEO da Nespresso. JH

SIGA-NOS NO FACEBOOK


Sexta-feira acompanhe a versão impressa do Inimigo Público com o jornal Público.

Tópicos

Últimas

Do arquivo