António José Seguro defende investimento público de 4 mil milhões de euros que depois possa ser cortado

Vítor Elias 30 de Outubro de 2012

Passos Coelho pediu ao PS para o ajudar a cortar 4 mil milhões de euros na despesa pública.

António José Seguro ponderou o convite e decidiu que o Estado deve estoirar 4 mil milhões de euros em estudos sobre obras públicas que depois possam ser suspensas, como aconteceu com o aeroporto da Ota e de Alcochete. Ou isso ou substituir o Audi do Carlos Zorrinho pelo Dois Cavalos do Duarte & Companhia. VE

SIGA-NOS NO FACEBOOK


Sexta-feira acompanhe a versão impressa do Inimigo Público com o jornal Público.

Tópicos

Últimas

Do arquivo