José Sócrates e Domingos Paciência jantaram juntos em Paris e deram gargalhadas a noite toda comentando o estado actual de Portugal e do Sporting

António Marques 20 de Setembro de 2012

O antigo treinador do Sporting, Domingos Paciência, no desemprego (de acordo com o actual Código Laboral, Domingos receberia um dia de salário por cada ano de empresa, uns míseros 10 mil euros mas como foi despedido antes, recebeu 8 milhões de euros!) foi a Paris, onde encontrou o antigo (e futuro) PM de Portugal, José Sócrates.

Sócrates convidou Domingos para jantar no Chez Vanessa Paradis, um luxuoso restaurante em Montmartre com 3 estrelas Michelin (o chef alemão Franck Muller, além de 789 estrelas Michelin, tem 230 luas Michelin e 450 sóis Michelin) onde cada prato custa 23 mil euros (sem vinho). Sócrates e Domingos tiveram direito à melhor mesa, pois Sócrates é cliente habitual da casa, tomando ali até o pequeno-almoço, que custa 4500 euros (sem galão). Sócrates e Domingos discutiram o actual momento de Portugal e do Sporting. Testemunhas disseram ao IP que desde os tempos de Toulouse-Lautrec não havia tanta animação em Paris. A.M

SIGA-NOS NO FACEBOOK


Sexta-feira acompanhe a versão impressa do Inimigo Público com o jornal Público.

Tópicos

Últimas

Do arquivo