Serial killer que mata funcionários públicos garante que vai passar a cumprir equidade e matar também pessoas do sector privado

João Henrique 14 de Setembro de 2012

Um serial killer português famoso por só matar técnicos superiores de primeira classe, coordenadores técnicos, assistentes operacionais, assistentes técnicos e coordenadores operacionais da função pública revelou que vai passar a cumprir a equidade recomendada pelo Tribunal Constitucional.

“Os assassinatos vão passar a ser distribuídos por todos. Vou passar a assassinar funcionários do sector privado. Morte indolor para pessoas do primeiro escalão de IRS e depois com crueldade crescente ao longo dos escalões. Pessoas com rendimentos de capital, carros de alta cilindrada e imóveis de elevado valor vão ser cortadinhas vivas com motoserras como nos filmes “Hostel”. Seguindo os mesmos procedimentos do governo, vou fazer ameaças de morte aos administradores de Fundações e empresas com PPP e rendas excessivas mas depois faço só um golpezinho no dedo com uma faca do chinês”, revelou o serial killer. JH

SIGA-NOS NO FACEBOOK


Sexta-feira acompanhe a versão impressa do Inimigo Público com o jornal Público.

Tópicos

Últimas

Do arquivo