João Pinto futebolista foi condenado mas João Pinto cidadão e pai recebeu uma indemnização

Mário Botequilha 10 de Setembro de 2012

O ex-futebolista e ex-menino de ouro João Vieira Pinto foi hoje condenado, com pena suspensa, por fraude fiscal.

O Tribunal Criminal de Lisboa também condenou os restantes envolvidos na transferência do atleta para o Sporting, estabeleceu multas individuais de 169.629 euros para todos os arguidos e ofereceu-lhes posters autografados da procuradora Cândida Almeida. Mas se João Pinto, o futebolista, não saiu bem na fotografia, João Pinto, o cidadão, pai e avô, acabou elogiado na página de Facebook do Tribunal e ainda recebeu uma indemnização do Estado por danos psicológicos e isenção do pagamento da segurança social durante três gerações. “João, dirijo-me a ti como cidadão e tio”, escreveu o juiz no Facebook. “És fora de série ao nível de ser humano. Recebe um forte abraço do teu amigo Tó”, escreve o magistrado. MB

SIGA-NOS NO FACEBOOK


Sexta-feira acompanhe a versão impressa do Inimigo Público com o jornal Público.

Tópicos

Últimas

Do arquivo