Passos Coelho critica falhanço do memorando e pede demissão da “troika”

João Henrique 7 de Setembro de 2012

O primeiro-ministro não está satisfeito com a forma como os senhores da ”troika” têm governado e pede responsabilidades.

“Senhores da ‘troika’, a receita da austeridade custe o que custar não funciona, pá. Eu tinha avisado, caramba. Os portugueses elegeram a ‘troika’ com base num programa e a “troika” enganou-os. Aumentou ainda mais os sacrifícios aos portugueses, cortou nos salários, aumentou os impostos, fez aumentar o desemprego, destruiu a economia, a dívida aumentou 18.374 milhões de euros e o défice ficou nos 6,9%? Porra, ‘troika’, vocês são uns nabos. Se é para isso é melhor irem embora. É que até eu faria melhor que vocês. Que se lixe a ‘troika’! Queremos as nossas vidas”, vociferou Passos Coelho. JH

SIGA-NOS NO FACEBOOK


Sexta-feira acompanhe a versão impressa do Inimigo Público com o jornal Público.

Tópicos

Últimas

Do arquivo