Fantasmas de casas de bancos que estão por vender entediados porque nunca mais têm pessoas para assustar

João Henrique 7 de Setembro de 2012

A crise está a disparar os casos de depressão em fantasmas, que se sentem cada vez mais inúteis e abandonados.

O fantasma Joaquim, de 186 anos, abriu o seu coração ao IP. “Fui muito feliz com a família que esteve aqui vários anos. Infelizmente, um ficou desempregado, o outro começou a ganhar menos, deixaram de pagar a casa e tiveram de entregá-la ao banco. Pensei que ia demorar pouco tempo até vir para cá outra família para eu assustar. Pode não acreditar, mas estou há mais de dois anos sem assustar ninguém. Tenho muitas saudades. Mas não sou só eu. Repare que a CGD, BCP, BES, BPI, Santander e Montepio têm 4,6 mil milhões de euros em imóveis para venda. Tenho amigos meus fantasmas que têm de mudar de pano todos os dias por chorarem tanto. As pessoas até vêm cá a casa dar uma olhada. Eu, que só posso assustar as pessoas depois de assinarem contrato, fico sempre a torcer para que consigam aprovar o empréstimo. Façam um leilão low-cost e vendam esta porcaria por 40 mil euros, porra!”, pediu o fantasma. JH

SIGA-NOS NO FACEBOOK


Sexta-feira acompanhe a versão impressa do Inimigo Público com o jornal Público.

Tópicos

Últimas

Do arquivo