Idosa inglesa com 105 anos de idade faz queixinhas à mãe por a irmã de 108 anos estar sempre a tirar-lhe a arrastadeira

Vítor Elias 22 de Junho de 2012

O Livro de Recordes do Guinness reconheceu as britânicas Dorothy Richards e Marjorie Ruddle, de respectivamente 108 e 105 anos de idade, como as irmãs mais velhas do mundo.

Mas, ao que o IP apurou, Marjorie Ruddle não chegou a receber a distinção, porque a irmã mais velha tirou-o das suas mãos e ainda gozou com ela, tal como costuma fazer com as muletas e a arrastadeira, o que fez com que Marjorie se tenha ido queixar, entre lágrimas, à sua mãe, Anne Major, de 138 anos de idade. Segundo um psicanalista consultado pelo IP, Dorothy Richards é má para a irmã mais velha apenas para irritar a mãe, pois o típico complexo freudiano de Electra faz com que, no seu inconsciente, queira dormir como o pai, Ralph Major, de 154 anos de idade. Anne Major não compreende a falta de disciplina da sua filha mais velha (que atribui à hiperactividade e aos jogos de computador) e muito menos entende a maneira como o seu próprio pai, William Coventry, de 187 anos de idade, desculpa sempre tudo o que a netinha querida faz. VE

SIGA-NOS NO FACEBOOK


Sexta-feira acompanhe a versão impressa do Inimigo Público com o jornal Público.

Tópicos

Últimas

Do arquivo