Ronaldo trata disfunção eréctil para conseguir comer a Holanda

Mário Botequilha 17 de Junho de 2012

O 3-2 no Portugal x Dinamarca alarmou os terapeutas sexuais da Selecção nacional.

Ronaldo teve duas perdidas escandalosas, jogou mortiço e mostrou uma preocupante falta de pujança no momento da penetração no último reduto. O capitão da Selecção foi entregue ao departamento médico, que tem estado a tratá-lo com Viagra intravenoso e a colecção particular de porno vintage de Rui Patrício. “Portugal só vai lá se Ronaldo ganhar tesão pela baliza”, diagnostica o sexólogo/futebólogo Júlio Machado Vaz. “Curo mal de amor, impotência e mau-olhado da próstata. Pagamento só depois do resultado”, promete o professor Mamadu. “Defendo uma nereidização da Holanda”, propõe Rui Santos. “Se Ronaldo vir a laranja mecânica como a grande maluca numa discoteca de Ibiza que ela é, come-a toda. Haja fé.” MB

SIGA-NOS NO FACEBOOK


Sexta-feira acompanhe a versão impressa do Inimigo Público com o jornal Público.

Tópicos

Últimas

Do arquivo