Passos Coelho afirma que deslocação de 60 quilómetros dos funcionários públicos até ao local do trabalho é uma oportunidade de conhecerem o país

Vítor Elias 15 de Maio de 2012

O Governo decidiu hoje que os funcionários públicos poderão ser mobilizados para novos locais de trabalho até 60 quilómetros da área de residência, sem qualquer compensação ou ajuda de custo.

Segundo Passos Coelho, em declarações ao IP, tal como o desemprego é uma oportunidade para mudar de vida, também esta deslocação é uma oportunidade de os funcionários públicos passarem a conhecer melhor o maravilhoso país que temos, descobrindo as suas belas paisagens, pitorescas aldeias e exóticas portagens das SCUT. Para o primeiro-ministro, os funcionários deveriam olhar com satisfação para esta notícia, devendo por exemplo comprarem auto-caravanas nas quais levariam toda a família para o emprego, mostrando o país aos filhos curiosos e divertindo-se todos como se estivessem de férias. Já Vítor Gaspar pretende anunciar que os funcionários públicos que trabalharem em Santarém poderão ter de almoçar em cantinas das empresas do Estado no Porto, o que Passos Coelho considera uma oportunidade de descobrirem as maravilhas da gastronomia nacional. VE

SIGA-NOS NO FACEBOOK


Sexta-feira acompanhe a versão impressa do Inimigo Público com o jornal Público.

Tópicos

Últimas

Do arquivo