Desconto de 50% a quem declarar hoje mais de 100 euros de IRS causa o caos nas repartições de Finanças

Vítor Elias 2 de Maio de 2012

A decisão do Pingo Doce em dar um desconto de 50% em compras superiores a 100 euros durante o dia de ontem provocou o caos nos vários supermercados da Jerónimo Martins, com automóveis mal estacionados, falta de carrinhos-de-compras, filas intermináveis e pancadaria entre clientes que provocou a intervenção da PSP.

Esta recepção histérica dos portugueses levou Vítor Gaspar a decidir dar um desconto de 50% a quem declarar mais de 100 euros de IRS durante o dia de hoje, o que tem provocado o caos nas repartições de Finanças, com pessoas que auferiram 5000 euros anuais em 2011 a andarem à porrada pela possibilidade de declararem que receberam 10 000, 20 000 ou mesmo 50 000 euros, tudo para aproveitarem a promoção temporária. Daqui a alguns meses as pessoas receberão uma notificação da DGCI a informá-los que estoiraram todos os escalões do IRS e que portanto estão a dever um balúrdio ao Estado. A revolta que se espera nessa altura será colmatada quando a DGCI acrescentar que 50% da dívida é acumulável em Cartão de Contribuinte, o que levará os portugueses a encherem outra vez as repartições das Finanças, exigindo poderem declarar antecipadamente rendimentos exorbitantes no IRS de 2013. VE

SIGA-NOS NO FACEBOOK


Sexta-feira acompanhe a versão impressa do Inimigo Público com o jornal Público.

Tópicos

Últimas

Do arquivo