Prédios vendidos com cadáveres de idosos esquecidos no interior isentos de IMT

Alexandre Parreira 27 de Abril de 2012

O governo decidiu isentar de IMT todas as pessoas que comprem casas com idosos mortos lá dentro.

O objetivo é incentivar a remoção dos cadáveres que, de outra maneira, ficam a apodrecer para sempre dentro das quatro paredes. O Executivo está seriamente empenhado em acabar com este problema e está também disposto a proibir as pessoas com mais de 80 anos de morrer em casa. Quem não cumprir fica sujeito a pena de prisão até 3 anos. Estão ainda em estudo outros incentivos maiores à compra destes imóveis, como 10 anos sem pagar IRS ou massagens nos pés para toda a vida, caso os idosos mortos sejam proprietários do imóvel e apareçam para assinar a escritura. AP

SIGA-NOS NO FACEBOOK


Sexta-feira acompanhe a versão impressa do Inimigo Público com o jornal Público.

Tópicos

Últimas

Do arquivo