Mikhail Gorbatchov quer liderar o Partido Social Democrata da Rússia e colocar um amigo no Conselho de Supervisão da Gazprom

Vítor Elias 22 de Março de 2012

O antigo presidente soviético, Mikhail Gorbatchov, afirmou que vai reanimar o Partido Social Democrata da Rússia nos próximos tempos.

Ao que o IP apurou, Gorbatchov pretende chegar ao poder coligado com algum partido democrata cristão ortodoxo lá do sítio e, assim que formar Governo, encontrar algum russo parecido ao Eduardo Catroga para colocar com um salário chorudo no Conselho de Supervisão da gigante energética Gazprom. Gorbatchov pretende ainda culpar os anteriores Governos por todos os males da Rússia e pedir ajuda ao FMI para ajudar a salvá-la do buraco onde se enfiou. Gorbatchov pretende ainda apoiar a candidatura a presidente da Rússia de alguém da área política social-democrata que, uma vez eleito, desate todos os dias a criticar publicamente o Governo do ex-secretário-geral do PCUS. Falta apenas a Gorbatchov encontrar um Miguel Relvas russo, mas o experiente político considera que isso é inviável, uma vez que o único russo com a personalidade do Miguel Relvas é opositor da social-democracia e chama-se Vladimir Putin. VE

SIGA-NOS NO FACEBOOK


Sexta-feira acompanhe a versão impressa do Inimigo Público com o jornal Público.

Tópicos

Últimas

Do arquivo