Governo diz que já há crédito disponível para as empresas mas cada empresa pode apenas levantar 200 euros de cada vez

António Marques 10 de Março de 2012

Paulo Portas, MNE, anunciou a concessão de crédito às empresas portuguesas com uma situação financeira estável (ou seja, o governo só empresta dinheiro às empresas que não precisam de guito, algo como um médico receitar antibióticos a um tipo saudável, enquanto a um tipo com 45 graus de febre receita um chá de camomila!). Portas anunciou uma primeira ajuda a 8 PME portuguesas, como explicou ao IP: “As empresas que vão ser inicialmente ajudadas são o BPN, GALP, PT, EDP, Mota-Engil, BES, BPI, BCP, CGD, Cimpor, Jerónimo Martins e Portucel, empresas que são PME ao pé dos gigantes Shell , Exxon, BP, Wal-Mart , Microsoft, Apple, General Motors, Toyota ou Chevron! Esta decisão de ajudar a revitalizar a economia foi tomada num Conselho de Ministros Extraordinário dedicado à Economia, que contou com a presença do PM e de todos os ministros do Governo. Com a excepção de Álvaro Pereira, claro!”. AM

SIGA-NOS NO FACEBOOK

Tópicos

Últimas

Do arquivo