Solitário que assaltou delegação bancária em Sintra ficou a falar com os funcionários para enganar a solidão

Vítor Elias 7 de Março de 2012

Uma delegação do Banco Espírito Santo em Rio de Mouro, Sintra, foi assaltado por um solitário à hora de almoço de anteontem.

Ao que o IP apurou junto dos funcionários do BES, o ladrão solitário, antes de fugir a pé, ainda passou vários minutos a conversar com os caixas do banco, apenas para aplacar a sua solidão. Começou por referir os problemas que a seca traz aos agricultores, passou para o actual momento de forma do Benfica, deteve-se mais alguns minutos a referir como gostava de ver o tipo do “TV Rural” a cantar na TVI vestido de mulher e acabou a perguntar aos funcionários da delegação se não queriam ir beber um copo depois do expediente, garantindo que, agora que tinha dinheiro, pagava ele as primeiras rodadas. Assustados, os funcionários não lhe responderam, pelo que o sentimento de solidão assoberbou o assaltante, que saiu da delegação do BES em lágrimas, não sem antes perguntar ao gerente do banco se por acaso não conhecia alguém que tivesse um gatinho para dar. VE

SIGA-NOS NO FACEBOOK


Tópicos

Últimas

Do arquivo