Certidões de óbito em papel vão ser substituídas pela alteração do perfil das pessoas no ‘Facebook’ para ‘morto’

Vítor Elias 1 de Março de 2012

Os médicos vão substituir o registo em papel das certidões de óbito por inscrições numa plataforma online já a partir de Setembro.

Porém, como esta plataforma online ainda custa muito dinheiro, o ministro Paulo Macedo decidiu que os médicos-legistas devem limitarem-se a alterar o perfil das pessoas no “Facebook” para “morto”, escreverem um post onde essas pessoas digam coisas como “acabei de quinar” ou identificando-as em fotografias do Cemitério dos Prazeres. Os médicos não usarão redes sociais como o “Hi5” ou o “Orkut” porque quem ainda não os trocou pelo “Facebook” ou pelo “Google+” está provavelmente morto há muito tempo e já tem a respectiva certidões de óbito em papel. VE



SIGA-NOS NO FACEBOOK

Tópicos

Últimas

Do arquivo