Osama bin Laden convidou Whitney Houston a juntar-se ao seu harém de virgens no Paraíso

Vítor Elias 16 de Fevereiro de 2012

Segundo a revista norte-americana “Harper’s Bazaar”, Osama bin Laden era um dos maiores admiradores de Whitney Houston, sendo mesmo, a acreditar numa ex-amante do terrorista, “obcecado” pela cantora falecida recentemente.

Ao que o IP apurou de Rita Ferro Rodrigues e dos seus dois médiuns australianos, o falecido Osama bin Laden dirigiu-se imediatamente a Whitney Houston quando a viu entrar no Paraíso, convidando-a a juntar-se ao seu harém de 70 virgens que recebeu como recompensa por ser um mártir. Osama bin Laden começou por pensar que a cantora vinha, qual anjo, flutuando numa nuvem, até perceber que estava apenas rodeada de uma enorme baforada de marijuana. Whitney Houston explicou então ao terrorista que se sentia lisonjeada pelo convite, até porque há vários anos que o seu discernimento andava um pouco toldado, mas que não podia acontecer por ser tão virgem como a Alexandra Lencastre. Osama bin Laden ficou desiludido, mas rapidamente a sua admiração pela cantora lhe fez recobrar o animo e contactou de imediato o dentista Miguel Stanley para aceitar Whitney Houston no seu programa “Dr. White” e fazer-lhe uma recauchutagem total, incluindo à vagina. O sempre sorridente Miguel Stanley, que não parou de sorrir embora estivesse a ser contactado do Além por um dos maiores facínoras da História, não apenas aceitou a proposta como sugeriu a Osama bin Laden que, após a cirurgia reconstructiva da vagina, Whitney Houston fosse enviada ao programa “A Tua Cara Não Me E Estranha” para fazer de Lara Li. VE



SIGA-NOS NO FACEBOOK


Tópicos

Últimas

Do arquivo