Estudo prova que homens inteligentes são menos infiéis, pelo que as mulheres dos políticos portugueses devem ser todas traídas

António Marques 26 de Janeiro de 2012

Um estudo diz que os homens monógamos são mais inteligentes que os homens infiéis. Se o leitor não sabe o que significa a palavra “ monógamo”, ganhe vergonha na cara e deixe de trair a sua mulher, seu estupor!

Segundo o estudo, quanto maior é o Q.I de um homem, menor é a probabilidade de trair a esposa ou namorada. O deputado do PS Francisco Assis mostra que é uma pessoa 100% confiável, já o líder do PS António Seguro, olha, olha, quem diria, com aquela cara de anjinho e afinal pode ser um Ashton Kutcher! No futebol, o treinador Manuel Machado, com um discurso tão complexo que até Eduardo Lourenço tem dificuldade em o compreender, é um homem de confiança. Já Jorge Jesus, minha mãe querida, cala-te boca, é melhor parar por aqui para não dar processo! A namorada do repórter do IP não deve por isso desconfiar do seu amado, que pensa fazer com ela uma viagem romântica até Istambul, capital da Grécia. A.M



SIGA-NOS NO FACEBOOK


Sexta-feira acompanhe a versão impressa do Inimigo Público com o jornal Público.



Tópicos

Últimas

Do arquivo