Acordo na concertação: sorriso estampado paralisou cara do Álvaro

Mário Botequilha 18 de Janeiro de 2012

O acordo de concertação, assinado entre o governo e os parceiros sociais, deixou o ministro da economia num estado evidente de felicidade transbordante que lhe rasgou um sorriso de lóbulo a lóbulo.

O Álvaro começou a sorrir na terça-feira, manteve o júbilo pela noite fora, acordou de taxa arreganhada na quarta e a sua cara terá paralisado. Neste momento, avançou o site do “Record”, em termos de síndrome do sorriso crónico, o Álvaro bateu Sónia Araújo e José Carlos Malato por larga margem.
Notícias não confirmadas, divulgadas pela Reuters, garantem que o brilho nos olhos do Álvaro já encadeou dezenas de funcionários do ministério, provocou o enfaixamento de dois eléctricos 28 na zona do Largo Camões, em Lisboa, e foi fotografado pela estação espacial internacional. MB



SIGA-NOS NO FACEBOOK


Sexta-feira acompanhe a versão impressa do Inimigo Público com o jornal Público.



Tópicos

Últimas

Do arquivo