António José Seguro só começa a fazer oposição depois de ter a certeza que o mundo não acaba em 2012

Alexandre Parreira 13 de Janeiro de 2012

O secretário-geral socialista está só à espera que 2012 acabe para começar a fazer oposição. Até lá vai só acenando com a cabeça, dizendo umas frases feitas e, no máximo, umas interpelações ao governo. António José Seguro está preocupado com a eventualidade de o mundo acabar e até ter a certeza que isso não acontece prefere não arriscar demasiado. O líder socialista está preparado para atacar a sério o governo a partir de 2013 mas com algumas condicionantes: se estiver bom tempo, se a “troika” melhorar o português e se Cavaco Silva lhe passar a receita de bolo de alfarroba. AP



SIGA-NOS NO FACEBOOK


Sexta-feira acompanhe a versão impressa do Inimigo Público com o jornal Público.



Tópicos

Últimas

Do arquivo