Psiquiatras classificam OE 2012 como psicótico e demente

Mário Botequilha 1 de Dezembro de 2011

Os especialistas que analisaram Anders Breivik, e concluíram que o homem é maluco, analisaram o Orçamento de Estado de 2012 e não têm dúvidas de que estamos perante uma obra esquizofrénica paranóide.

“É um documento tresloucado que traduz uma visão messiânica e umbiguista”, explicam os psiquiatras. “Para simplificar, lemos aquilo e parece que estamos a ver um treino do Real Madrid.”
Em Portugal, o presidente do Colégio da Especialidade de Psiquiatria da Ordem dos Médicos considera que os autores do Orçamento são claramente inimputáveis. “O ministro das finanças diz que é a Troika que o manda fazer aquilo. Ou seja, ouve vozes. É aquilo a que nós, os psiquiatras, em termos técnicos, chamamos um passado do capacete.” MB



SIGA-NOS NO FACEBOOK


Sexta-feira acompanhe a versão impressa do Inimigo Público com o jornal Público.


Tópicos

Últimas

Do arquivo