Atirados cocktails como margueritas e cubas libres a repartições de finanças

Mário Botequilha 24 de Novembro de 2011

O INIMIGO PÚBLICO passou toda a manhã (das 11h50 ao meio-dia) em contactos com a Judiciária, um barman e Nuno Rogeiro e pode avançar em primeiro mão que também foram atiradas caipirinhas, cubas libres e um bloody mary às repartições de finanças de Alvalade e Benfica.

“Além dos cocktails molotov, há vestígios de gin tónico, margueritas, bicas com cheirinho… Podia ter sido um massacre”, confirmou uma fonte da PJ que preferiu manter o anonimato (agente Matias – crachá 3.517). “As repartições atacadas parecem uma reunião do G-20. Não é bonito.” MB

Notícia em actualização permanente na edição do INIMIGO PÚBLICO em papel desta sexta-feira.



SIGA-NOS NO FACEBOOK


Sexta-feira acompanhe a versão impressa do Inimigo Público com o jornal Público.



Tópicos

Últimas

Do arquivo