Ministério Público pede 3 anos de prisão num reformatório para João Moutinho

Vítor Elias 11 de Outubro de 2011

A estrela do FC Porto, Hulk, foi acusado pelo Ministério Público do crime de ofensas corporais pelos incidentes no túnel da Luz, que pode ser punido com 3 anos de prisão efectiva.

Para além disso, o Ministério Público identificou o pequeno João Moutinho como membro do perigoso gangue das Antas e pedirá ao juiz que o condene a 3 anos de detenção num reformatório ou, em alternativa, a que seja compulsivamente entregue a uma família adoptiva, nomeadamente o Benfica. Devido ao risco de fuga de Hulk, o Ministério Público solicitará ainda ao Ministério da Administração Interna que contrate para guarda prisional o lateral-direito do FC Barcelona, Daniel Alves, a única pessoa que até agora conseguiu travar com sucesso o brasileiro do FC Porto. VE



SIGA-NOS NO FACEBOOK


Sexta-feira acompanhe a versão impressa do Inimigo Público com o jornal Público.

Tópicos

Últimas

Do arquivo