YouTubejacking aumenta 500% no Facebook

João Henrique 21 de Setembro de 2011

Segundo dados da PSP do primeiro semestre de 2011, os casos de violações, assaltos violentos, burlas, sequestros, tráfico de droga e carjacking estagnaram, sendo que a única subida deve-se a uma nova criminalidade online típica das redes sociais: o YouTubejacking.

Esta prática consiste no roubo de vídeos de música de outros perfis do Facebook. “O ”modus operandi” é muito simples. Aproveitam-se da bondade e ingenuidade de alguns perfis de Facebook indefesos e roubam todo o material de bom gosto musical sem sequer fazerem um “like”. Esperam uns dias, para não darem muito nas vistas, e só depois é que publicam os vídeos no seu perfil de Facebook. Os mais experientes tentam descobrir outro vídeo com a mesma música só para não usarem o mesmo endereço do vídeo roubado. E só roubam de perfis com poucos amigos em comum para não gerar suspeitas e o vídeo parecer inédito”, explicou um polícia. JH




SIGA-NOS NO FACEBOOK


Sexta-feira acompanhe a versão impressa do Inimigo Público com o jornal Público.


Tópicos

Últimas

Do arquivo