Clube Internacional de Campistas lamenta queda de Kadhafi

Alexandre Parreira 25 de Agosto de 2011

O Clube Internacional de Campistas emitiu esta semana uma nota de pesar pelo derrube de Kadhafi onde se lia: “É uma grande perda para a humanidade em geral e para o campismo selvagem em particular. Kadhafi era um campista de excepção. Fazia feijoadas no camping gás como poucos e era capaz de estar noites inteiras à fogueira a cantar e a contar anedotas”. Para assinalar o momento e lembrar o coronel líbio, o clube tenciona fazer um minuto de silêncio, organizar uma marcha lenta de tendas nas principais capitais mundiais e mandar fuzilar uma pessoa por cada ano em que Kadhafi esteve no poder. AP




SIGA-NOS NO FACEBOOK


Sexta-feira acompanhe a versão impressa do Inimigo Público com o jornal Público.

Tópicos

Últimas

Do arquivo