Fernando Gomes apela aos presidentes dos clubes que se refiram apenas aos árbitros e não às suas mães

Vítor Elias 22 de Agosto de 2011

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, Fernando Gomes, apelou aos presidentes dos clubes no sentido de respeitarem a contenção verbal, que aprovaram recentemente, relativamente à arbitragem.

Fernando Gomes instou os presidentes dos clubes a focarem-se nas performances desportivas dos árbitros, em vez de comentarem as performances sexuais das suas mães, como têm feito até agora. De igual modo, Fernando Gomes apela aos presidentes dos clubes, nomeadamente do Sporting, para desejarem que os árbitros de que não gostam vão para cursos de formação da LPFP, em vez de desejarem que vão para partes anatómicas das suas tias. Os presidentes dos clubes já responderam e, em comunicado, pediram desculpas “aos c… de m… dos árbitros, porque são uns atrasados tão grandes que provavelmente nem percebem toda a m… do c… que fazem durante os jogos”. VE




SIGA-NOS NO FACEBOOK


Sexta-feira acompanhe a versão impressa do Inimigo Público com o jornal Público.

Tópicos

Últimas

Do arquivo