Atentado em Oslo: Ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, garante que Portugal está a revistar todos os bacalhaus que cheguem da Noruega

Vítor Elias 31 de Julho de 2011

O ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, garantiu que Portugal “fez aquilo que está previsto fazer” em termos de dispositivo de segurança após os atentados da Noruega, sem especificar o quê.

Ao que o IP apurou, as autoridades portuguesas estarão a revistar tudo o que venha da Noruega, à procura de bacalhaus de extrema-direita e salmões fundamentalistas cristãos. O SEF já terá detido inclusive um bacalhau que chegou da Noruega e que, todo seco e chupadinho, visto de um certo ângulo, tem algumas parecenças com o anoréctico Joseph Goebbels, o Pedro Silva Pereira do III Reich. O próprio Miguel Macedo garantiu que estava preparado para lidar pessoalmente com o terrorista Anders Breivik, pretendendo interceptá-lo em Vilar Formoso e, usando toda a sua experiência (deputado ininterruptamente desde 1987), dizer-lhe “Ó senhor terrorista, não me interrompa, por favor”. VE




SIGA-NOS NO FACEBOOK


Sexta-feira acompanhe a versão impressa do Inimigo Público com o jornal Público.

Tópicos

Últimas

Do arquivo