Condutora confunde entrada do Metro com entrada de parque de estacionamento porque pensava que a Metro do Porto já tinha falido

Vítor Elias 12 de Julho de 2011

Um Mercedes conduzido por uma mulher 57 anos quase entrou pela escadaria de acesso à estação de Metro do Heroísmo, no Porto, após a condutora a ter confundido com a entrada de um parque de estacionamento.

A confusão, ao que o IP apurou, é perfeitamente normal, pois a condutora é um dos muitos portugueses que leu ou viu notícias sobre a catastrófica situação financeira da Metro do Porto e acha, naturalmente, que a empresa municipal já foi fechada por Pedro Passos Coelho, o liberal que supostamente fecharia tudo o que é público e dê prejuízos crónicos. No entanto, tal não aconteceu, o que explica o incidente. De referir que, pela mesma razão, pensando estar a entrar no estacionamento de um centro comercial, a condutora já tinha anteriormente enfiado o seu automóvel pela porta da Câmara Municipal do Porto. VE



SIGA-NOS NO GOOGLE+


SIGA-NOS


Sexta-feira acompanhe a versão impressa do Inimigo Público com o jornal Público.




Tópicos

Últimas

Do arquivo