Passos Coelho anuncia imposto de 50% sobre o valor da transferência de Fábio Coentrão

Fábio Benídio 8 de Julho de 2011

Antes de o Benfica anunciar a transferência de Fábio Coentrão para o Real Madrid, o governo apressou-se a publicar em Diário da República uma portaria/resolução/coiso que obriga os encarnados a pagarem um imposto extra de 50 % do valor da cláusula, ou seja, 15 milhões de euros. Mas Passos Coelho promete não ficar por aqui e esta semana anunciou que os árbitros que recebem fruta de dormir no hotel antes dos jogos também terão abdicar de 50% dela, o que é o suficiente para dar cabo de uma orgia. No entanto, as Finanças prometem deixar ficar o pónei, desde que seja usado com fins estritamente sexuais. FB

SIGA-NOS


Sexta-feira acompanhe a versão impressa do Inimigo Público com o jornal Público.

Tópicos

Últimas

Do arquivo