Australopithecas colocavam “solteira” no estado civil das pinturas rupestres para tentar cativar pretendentes

João Henrique 25 de Junho de 2011

O hábito extremamente irritante das mulheres de colocar no mural do Facebook que estão solteiras só para avaliar a sua cotação no mercado e tomar o pulso aos potenciais pretendentes já era usado há 40.000 a.C. no Paleolítico Superior. “As mulheres mais desinteressantes e desesperadas por pretendentes já na altura usavam essa artimanha de desenhar um coração na parede da caverna mais movimentada e escrever “solteira”. E ficavam ansiosas à espera dos polegares estendidos desenhados pelos homens. Depois voltavam a ocultar o estado civil para poder usar mais tarde para repetir o impacto. Elas faziam relatórios estatísticos com os históricos dos “likes” para poder comparar e tirar conclusões”, explicou um arqueólogo. JH

SIGA-NOS


Sexta-feira acompanhe a versão impressa do Inimigo Público com o jornal Público.

Tópicos

Últimas

Do arquivo