Futuros juízes cábulas mostraram estarem adaptados à realidade portuguesa

Inimigo Público 22 de Junho de 2011

Por Ricardo Almeida

Indícios de que 137 auditores que estão no Centro de Estudos Judiciários (CEJ) a formarem-se para serem magistrados copiaram num teste, levou a que lhes fosse atribuída a nota 10.

O bastonário da ordem dos advogados já manifestou a sua indignação, aconselhando a que o exame fosse anulado e os candidatos “apanhados” fossem assistir em directo a uma transmissão da gala PESO PESADO, como represália. Outra perspectiva tem a direcção do CEJ, que justifica: “toda a gente sabe que em Portugal o crime compensa, por isso decidimos premiar esta atitude, sendo este o primeiro passo da formação para que os futuros juízes comecem já a entrar nessa realidade”. Contactado pelo IP, João Vale e Azevedo apenas disse que “estes alunos estavam no bom caminho e se continuarem assim, quem sabe, algum dia poderão vir fazer uma carreira como a sua…

Tópicos

Últimas

Do arquivo