André Villas-Boas troca ‘cadeira de sonho’ do FC Porto por ‘cadeira de sonho húmido’ do Chelsea

Vítor Elias 20 de Junho de 2011

A comunicação social avançou com a contratação de André Villas-Boas pelo Chelsea.

Ao que o IP apurou, o treinador português acedeu a deixar a sua “cadeira de sonho” no clube azul e branco porque esse sonho era apenas um daqueles sonhos bons, em que lembrava a altura em que era feliz e livre, em criança, nas férias passadas na praia da Granja. Em compensação, o sonho oferecido pelo magnata russo é um daqueles sonhos em que André Villas-Boas se vê na cama com a Adriana Lima, a Joana Amaral Dias e a parceira do Manuel Luís Goucha nos programas da manhã, algo que Villas-Boas considerou irresistível. Nesse sonho aparecia ainda a Júlia Pinheiro, mas após demoradas negociações Roman Abramovich acedeu a tirá-la e, ultrapassado o único entrave, o contrato foi assinado de imediato. VE

SIGA-NOS


Sexta-feira acompanhe a versão impressa do Inimigo Público com o jornal Público.

Tópicos

Últimas

Do arquivo