Ambulâncias do INEM passam a permitir a presença de acompanhantes dos pacientes para que os pais possam assistir ao nascimento dos filhos

Vítor Elias 19 de Junho de 2011

Desde o início do mês que está aprovada a presença de acompanhantes dos pacientes nas ambulâncias do INEM. Esta decisão deve-se ao facto de, desde que Correia de Campos encerrou quase todos os hospitais, a maioria dos partos se realizarem em plena ambulância, a caminho do hospital distrital público-privado-falido que esteja menos longe. Assim, os pais já poderão assistir ao nascimento dos filhos e, devido à longa duração dessas viagens, desde o cu de Judas à capital de distrito, as ambulâncias também terão um horário de visitas compreendido entre as 13h00 e as 17h00, para que os avós e os tios do rebento consigam entrar na ambulância saltando de um automóvel em andamento, como fazia o David Hasselhoff na série “O Justiceiro” ou o actor José Carlos Pereira, na Avenida 24 de Julho, quando se mete nos copos. VE

SIGA-NOS


Sexta-feira acompanhe a versão impressa do Inimigo Público com o jornal Público.

Tópicos

Últimas

Do arquivo