“Africanismo” dos candidatos vai ser medido com régua e em local fechado

Inimigo Público 20 de Maio de 2011

Por André Barros

Depois de Passos Coelho ter afirmado ser o mais africano dos candidatos, os principais pretendentes a S. Bento manifestaram o seu desagrado e querem que uma entidade independente atribua o título. Todos concordam em que a medição seja feita ao milímetro em local fechado e cada um impõe as suas condições específicas. Embora não se saiba a quem correspondem, sabe-se que cada um teve direito a um pedido. As condições propostas foram no sentido de que seja executada de manhã, numa temperatura ambiente não inferior a 20º e com a presença de um assessor de imagem. Um dos candidatos pediu para assistir à medição dos restantes para “evitar possíveis fraudes”.

Tópicos

Últimas

Do arquivo