Sócrates atribui aumento do desemprego às listas de dispensados de Sporting e Benfica

Mário Botequilha 18 de Maio de 2011

O INE anunciou hoje que a taxa de desemprego atingiu um novo máximo histórico de 12,4% no primeiro trimestre do ano. José Sócrates congratulou-se com estes números porque, como disse pela 873ª. vez, “a minha função é injectar optimismo nos portugueses”.

O ainda primeiro-ministro atribuiu esta subida a sete factores distintos: Passos Coelho, chumbo do PEC IV, Passos Coelho, ofensas de Passos Coelho aos desempregados, lista de dispensas do Sporting e Benfica, Passos Coelho e ainda a Passos Coelho. “É a tempestade perfeita: o Benfica e o Sporting correm com metade dos plantéis e Passos Coelho – lá diz o Catroga – discute o pentelho e não olha para a floresta”, acusa Sócrates. MB

SIGA-NOS


Sexta-feira acompanhe a versão impressa do Inimigo Público com o jornal Público.

Tópicos

Últimas

Do arquivo