Animais com direito de voto

Inimigo Público 14 de Maio de 2011

Por Edgar Timóteo Lobato de Seia

O Partido dos Animais defende que os animais deveriam poder exercer o seu direito de voto já nas próximas eleições autárquicas, em 2013. Nas palavras de um dos responsáveis desta organização, Asdrúbal Falcão Porquinho-da-Índia, “continua a verificar-se uma discriminação gritante para com os animais, que já não faz sentido na sociedade do século XXI.

Os animais devem ter o direito a poder escolher quem domina o chão que pisam e furam, o céu por onde voam e as superfícies aquáticas por onde nadam.” Instado sobre o procedimento de voto dos animais, Falcão Porquinho-da-Índia argumentou: “Numa primeira fase, poderia-se experimentar com alguns animais: no caso dos bovinos, o local da bosta indicaria a intenção de voto; os canídeos teriam rodas de automóvel que simbolizariam os candidatos, sendo que aquela sobre a qual o animal resolvesse urinar seria a eleita; as galinhas escolheriam o seu candidato pondo um ovo sobre o seu símbolo; os pica-paus picariam o símbolo do seu candidato; as aranhas seriam colocadas numa superfície poligonal e cada vértice corresponderia a um candidato – o voto seria exercido por meio da construção de uma teia num determinado vértice”. Esta iniciativa conta com o apoio do PEV e deverá ser discutida na Assembleia da República no próximo mês de Junho.

Tópicos

Últimas

Do arquivo