Cheque de 78 mil milhões da Troika vai ser passado ao portador

Mário Botequilha 4 de Maio de 2011

O acordo maravilhoso e repleto de coisas boas e aliciantes, entre Portugal e a Troika FMI/UE/BCE, anunciado ontem por Sócrates, vai ter o valor exacto de 78 mil milhões de euros e 50 cêntimos.

São 78 mil milhões para torrar e 50 cêntimos para Jorge Lacão dar ao arrumador quando for buscar o cheque, que será passado ao portador, por causa das eleições. O empréstimo estava para ser de 80 mil milhões mas José Sócrates pediu para abaterem o valor de mercado da equipa do FC Porto, tal como lhe foi comunicado por Pinto da Costa ao telefone. Os 78 mil milhões já têm destino: são 20 mil milhões para o novo aeroporto de Lisboa, 40 mil milhões para o TGV (são valores exorbitantes mas já se sabe que os orçamentos das obras resvalam sempre para o descalabro) e 18 mil milhões para Rui Pedro Soares fundar um grupo de comunicação social favorável a José Lello. MB

SIGA-NOS


Sexta-feira acompanhe a versão impressa do Inimigo Público com o jornal Público.

Tópicos

Últimas

Do arquivo