Efígie da República vai tentar engravidar do senhor do FMI para que os juros do empréstimo sejam abatidos com a pensão de alimentos

João Henrique 23 de Abril de 2011

O busto da República, mulher discreta que representa o regime há mais de um século, vai usar todos os seus encantos femininos para seduzir o senhor Poul Thomsem, de forma a reduzir os encargos financeiros de Portugal com o empréstimo do FMI.

A efígie, que está a ser aconselhada por Luciana Gimenez, reputada especialista em golpes do baú (teve um filho do vocalista Mick Jagger), vai aproveitar uma visitinha do senhor dinamarquês a um órgão de soberania para mostrar o seu decote voluptuoso com recurso a um soutien push-up, vai meter conversa, fazer charme e convidá-lo para sair. A República irá escolher o seu período mais fértil para encaminhar o senhor do FMI para uma noitada de sexo escaldante e desprotegido. Após Poul Thomsem reconhecer a paternidade através de exame de ADN, o busto da República pondera caçar o sémen do senhor Jürgen Kröger da Comissão Europeia e do senhor Rasmus Rüffer do BCE, de forma a melhorar ainda mais as condições financeiras do resgate. JH

SIGA-NOS

Tópicos

Últimas

Do arquivo