Militante expulso do BE retalia e quer afastar dirigentes

Inimigo Público 15 de Fevereiro de 2011

Por Também quero ser o murista

Militante expulso do BE retalia e quer afastar dirigentes A primeira expulsão da história do Bloco de Esquerda aconteceu com o vereador da Câmara Municipal de Olhão, João Pereira, alegadamente por ter uma série de processos judiciais no curriculum.

Em resposta, o militante expulso declarou, em conferência de imprensa, que tenciona propor à Convenção do partido, que reúne em Maio, a expulsão de alguns dirigentes, como Francisco Louçã e Miguel Portas. João Pereira considera que mais grave para a imagem do partido do que ter processos judiciais é andar no Bairro Alto a distribuir mortalhas, disfarçadas de propaganda bloquista, como fez Miguel Portas numa campanha eleitoral. Em relação a Louçã, o ex-militante considera ser urgente que todo o partido conheça a verdade sobre as performances discursivas do coordenador do Bloco, adquiridas em retiros da Opus Dei especialmente dedicados à oratória, o que representa uma contradição extrema com o ideário revolucionário do partido. – E se me chateiam mais eu conto a verdadeira história das orelhas da Ana Drago! – ameaçou João Pereira.

Tópicos

Últimas

Do arquivo