Renato Seabra assina pelos Attica Cork Openers

Inimigo Público 10 de Fevereiro de 2011

Por rui jacaré

Arrentela – É a loucura no mercado de transferências de Inverno por esse mundo fora. Depois da ida de Fernando Torres para o Chelsea (Inglaterra), de Liedson para o Corinthians (Brasil) ou do Micas para o Fabril (Margem Sul), o nome de quem se fala é o do português Renato Seabra.

O atacante lusitano formado nas escolas do Atlético Desportivo de Cantanhede FC, esteve ultimamente a treinar à experiência, mas sem sucesso, em diversos clubes madrilenos e londrinos, sempre acompanhado pelo agente FIFA Carlos Castro, entretanto falecido em circunstâncias misteriosas. O atleta, sem clube há largos meses devido a uma grave lesão, consegue finalmente encontrar clube em Nova Iorque, na glamorosa Major Soccer Correctional Facility League (MSCFL). Seabra, que treinava à experiência nos Bellevue Rioters, chegou a ser dado como certo no Rikers Island FC. Os islanders tinham ontem anunciado no seu site, ao lado de umas fotos de um antigo director decapitado, que o criativo português ia assinar por três sentenças e meia. Todavia, num volte-face de arrancar olhos, surgiram esta manhã rumores que a promessa teria roído (entre outras coisas) a corda e assinado pelos Attica Cork Openers. Um dirigente dos corkies, um mexicano gordalhão chamado “Cholo” Martinez que cumpre pena por homicídio, confirmou a possibilidade “real, güey!, de fichar la niñata portuguesa”. No final do dia, já perto da hora de fecho do mercado e de apagar as luzes nas celas, Seabra foi apresentado por videoconferência envergando o cachecol do clube (uma gravata cubana). Respondeu ainda a perguntas dos adeptos e recebeu gritos de apoio tais como “Gonna make you ma bitch, bitch!” Quando chegou a vez de responder a algumas perguntas da imprensa, e quando questionado por um jornalista do Correio da Manhã se queria ser o abre-latas das defesas contrárias, Seabra afirmou que ele é mais saca-rolhas, em alusão à mascote da equipa. Foi a loucura total na ala.

Tópicos

Últimas

Do arquivo