Jovens portugueses lembram 50º aniversário do início da guerra colonial contra Napoleão

Vítor Elias 31 de Janeiro de 2011

Passam 50 anos desde que começou oficialmente a guerra colonial e, hoje, milhares de alunos nas escolas secundárias lembraram a efeméride, realçando a importância do Marquês do Pombal na derrota de Napoleão Bonaparte.

“Faz, tipo, agora 50 anos que a Alemanha, liderada pelo Napoleão, invadiu Portugal e, tipo, em mil setecentos e cinquenta e tal destruíram Lisboa”, explicou um dos melhores alunos do Liceu Pedro Nunes. “Foi aí, tipo, que começou a guerra coloquial. Mas o Marquês do Pombal resistiu a acabámos por derrotar os alemães em, tipo, África, porque eles também tinham invadido a, tipo, África do Sul, que era nossa. Depois, tipo, a guerra coloquial acabou quando o D. Afonso Henriques acabou com a ditadura da mãe, no 25 de Abril. Temos que lembrar esta data porque, tipo, não é todos os dias que a guerra coloquial faz 50 anos. Tipo, amanhã já faz 51”, concluiu. VE

SIGA-NOS

Tópicos

Últimas

Do arquivo